Voltemos ao Evangelho

Loading...

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

POR QUE...?


Os evangélicos ocupam lugar de destaque na mídia. Em pleno tempo de queda da economia mundial, os templos se multiplicam e as ofertas mais ainda. As ‘celebridades’ gospel estão na boca do povo, com nomes de relevância nacional, tão admirados quanto aqueles do congresso e tão famosos quanto os seus atos secretos. Tão transparêntes quanto as contas das ilhas caiman e tão necessários quanto os heróis dos reality shows.

Mas há uma massa que admira e segue estes homens tão hodiernos quanto hediondos. Há pessoas que os justificam e os defendem com argumentos que nem elas conseguem sustentar. Há quem tenha seus ouvidos atentos a voz destes ‘ungidos’. Se segos, surdos ou com a mente dormente pela ignorância, não me cabe definir o indefinível. Basta atentar para o outdoor estampado pelas mãos de Oséias: “O meu povo perece por falta de conhecimento” (4.6) - e também por falta de sabedoria, de bom senso e pela bitola da ganância com o manto da bênção. Tudo isso tem ajudado a compor a caricatura do evangelicalismo brasileiro.

Foi-se o tempo em que ser um crente significava ser um homem de bem, de respeito, pai e marido honrado, dedicado a família, enfim, uma pessoa que sua conduta autenticava suas palavras. Não que seus vizinhos acreditassem nas histórias da Bíbia, mas reconheciam o crente como uma pessoa temente a Deus.

E também houve o dia em que os testemunhos lembravam muito a Palavra de Deus: “Eu roubava e já não roubo mais. Matava, mentia, odiava, traía… Mas fui alcançado e transformado pelo sangue e pelo amor de Cristo; hoje, sou liberto pelo poder de Deus”. Foi-se o tempo…

E quando alguém poderia imaginar que um homem poderia ser, ao mesmo tempo, pastor, estelionatário, missionário, usurpador, apóstolo, ladrão, ganancioso e tantas outras torpezas que envergonham qualquer cristão sério, além de colocar em cheque a eficácia do evangelho.

O que está acontecendo com a essência do evangelho, aquele que deveria ser tão puro quanto simples? Por que os fiéis estão cada vez mais infiéis? Por que os que chutam as imagens estão elegendo tantos ídolos para si? Por que o tempo das indulgências voltou com mais força ainda, pois antes se compravam pedacinhos dos céu, mas agora se priorizam a posse dos frutos dessa terra?

Por que…?

5 comentários:

leonardo disse...

É. porque??!! Hoje se tornou muito complicado levantar uma bandeira de igreja sem ser, equivocadamente, incluso em uma lista de outras denominações que enlamearam a imagem do cristianismo. Mas tenha certeza que as pessoas de fora, digo, as não cristãs convertidas, contam sempre com o fato de que os cristãos sejam diferenciados na sociedade e sempre qunado vêem um mau testemunho as suas esperanças de definham. Apesar de tudo, presença do cristão na sociedade é o que traz segurança e paz pra pros cidadãos muitas vezes de maneira subconsciente. Palavra de quem se relaciona indireta e diretamente com mais de quatrocentas pessoas por dia.

Claudio Britto disse...

Esse é meu pastor! rsrs

Há uma diferença grande entre criticar por criticar, sem propor mudanças e sem pagar o preço de experimentá-las primeiro e criticar porque dói o coração ver a Noiva prostituída com os manjares de Satanás e por isso propor à volta ao evangelho, doa o que doer, custe o que custar...

Estamos juntos, manos, neste segundo grupo!

Claudio Britto

sidnei disse...

quem não sabe quem É não sabe para que Serve. tantas igrejas sem ética que ensinam meios de ser abençoados e prósperos MATERIALEMENTE, sem que isso tenha implicação alguma com conversão moral Ampla e Profunda. Quando A busca do TER é o alvo da Vida o SER fica para segundo ou terceiro plano. A igreja ERA, hoje TEM. perdeu o SER. A midia é para quem TEM e não para quem É É.

JUNIOR disse...

lEGal, achei agora alguem que tem uma visão sistematica e autentica como a minha, é precisamos de outro reformador; Martinho Lutero, Calvino , ...David Miranda, Edir Macedo, ...R.R. Soares, Valdomiro SantiAGO,Juan Ribe Paglarin... que nada isso adianta mais, não tem mais volta, eu vou voltar pra Igreja Católica Apóstolica Romana

Junior Garcia, membro da Primeira Igreja Batista de Gravataí-RS.

ANGELA disse...

Bem!!!! O que dizer acerca de tudo o que estamos vendo. Suplicar "vem SENHOR Jesus". Tenho filhos adolecentes que são uma bênção. Participam ativamente da vida em comunhão cristã e são muito fieis, porém as cores e brilhos do "mundo" são muito atrativos. Por isso muitas vezes me pego pedindo a Deus que mande Jesus nos resgatar definitvamente deste vale de lágrimas. Estou apavorada com o atual estado das coisas.

Newer Posts Older Posts
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...