Voltemos ao Evangelho

Loading...

sexta-feira, 16 de março de 2007

BOTA POUCA FÉ NISSO!

Resposta a um e-mail sobre ET:


Às vezes, eu fico estatelado com a simplicidade de um Deus tão poderoso, cujo nome nem mesmo conseguimos definir. Seria o "O Alto-Existente que se Revela" a melhor definição? Não sei. Penso que está mais para um dos seus atributos do que para Seu nome.

Bom, acho que essa discussão filosófica deixa o homem parecendo um cachorro correndo atrás do próprio rabo. Chega a ser até engraçado. Mas enquanto perdemos tempo e esquentamos a moringa com essas e outras irrelevâncias, muitas pessoas continuam em seus esforços de levar um estilo de vida que desconsidera a existência e/ ou a presença do Deus vivo, fertilizando a imaginação e ficando a mercê do inimigo de todos os homens.

Você já reparou que todos os relatos daqueles que tiveram “contato sobrenatural" com os ET concordam num aspecto; não quanto a aparência ou a forma que mantiveram o contato, mas quanto ao cheiro dos seres em questão, o de enxofre.

Seria uma coincidência com os relatos bíblicos que descrevem o inferno e o lago de fogo e enxofre? Aliás, ouvi uma boa definição de coincidência: ‘É aquilo que o homem não consegue explicar, mas que também não dá crédito a um Deus que governa todas as coisas’. É preciso mais do que fé para não enxergar o óbvio. É necessário uma total cegueira espiritual para se acreditar que um pedaço de pedra ou um léio de pau, que a própria pessoa moldou, ou mesmo que os ET possam fazer algo pela humanidade.

Que coisa, não? Tão raro como uma pessoa ir ao poço apanhar água é ver alguém dar crédito a Jesus como o único acesso ao Pai. Triste caminho esse que os terráqueos estão tomando. Tão inteligentes, mas espiritualmente tão complicados. Incapazes de manterem vivo o seu próprio mundo, mas exploradores dos mundos deduzidos dos seus profícuos estudos.

Conseqüentemente, neste misto de ansiedade e desilusão, reverenciam as suas próprias sombras. Mas, como diz o ditado, quem planta limão não colhe laranja. Sorte a de quem bebe da água da vida. Esse, nunca mais terá sede.

Um fraternal abraço, mesmo que com pouca fé, mas suficiente para crer no Eterno,

Omar Nascimento.

Newer Posts
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...